Desde 12 de setembro, as empresas com faturamento inferior a R$ 3,6 milhões e que estão com dívidas tributárias no Simples Nacional precisam ficar atentos para não sair deste regime tributário. Será este o seu caso? Afinal de contas, de quais tipos de dívidas estamos falando?

Marcos Rodrigues, presidente do Contabfácil, ferramenta online que trata de toda a contabilidade de empresas do Simples Nacional, Profissionais Liberais e MEIs, explica que a falta de pagamento dos impostos através das guias do DAS podem levar ao desenquadramento da empresa do Simples Nacional.

Também incorrem neste processo outras dívidas como as previdenciárias e de outras naturezas tributárias e não tributárias com as Fazendas Públicas Federal, Estaduais, do Distrito Federal ou Municipais, cuja exigibilidade não esteja suspensa, conforme previsto no inciso V do art. 17 da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.

Melhor não deixar para depois
Existe sim um prazo para que estas empresas possam regularizar a sua situação – e olha que boa notícia: pode ser feito através da web. O processo de notificação é todo online e é feito através de uma ADE – Ato Declaratório Executivo de exclusão do Simples Nacional:

“ A empresa tem até 45 dias para tomar ciência deste ato que é encaminhado para o Domicílio Tributário Eletrônico do Simples Nacional (DTE-SN) que é uma caixa postal eletrônica que permite à pessoa jurídica, optante pelo Simples Nacional, consultar as comunicações eletrônicas disponibilizadas pelos órgãos de administração tributária da União (Secretaria da Receita Federal do Brasil), Estados, Distrito Federal e Municípios.” alerta Marcos Rodrigues.

Após a ciência do processo a empresa tem até 30 dias para fazer a quitação dos débitos que podem ser feitos a vista ou por parcelamento ou compensação. O parcelamento disponível é de até 60 meses e inclui multas e juros sobre os valores apurados em atraso.

Caso a empresa Simples Nacional perca o enquadramento, passará para o Lucro Presumido que é uma opção que normalmente possui um valor de impostos mais alto que a do Simples Nacional.

“A vantagem de quem possui contabilidade online é que os optantes pelo Simples Nacional estão constantemente sendo avisados da existência de uma guia para pagamento e isso evita do cliente perder a data de pagamento e ter que pagar juros e multas ao realizar um pagamento atrasado.” completa.

Foto: Divulgação/Maxpixel

Sobre o Contabfácil
Localizada em São Paulo, o Contabfácil está presente em todo o território nacional levando agilidade, praticidade e economia nas questões contábeis de quem está enquadrado no Simples Nacional, de quem é médico ou microempreendedor individual. A ferramenta foi desenvolvida para desburocratizar o cotidiano contábil de quem está enquadrado nestas categorias.

Acessando o Contabfácil você pode saber sobre isso no chat, www.contabfacil.com.br


Sobre a KAKOI Comunicação
A KAKOI Comunicação é uma empresa cujo objetivo de proporcionar aos clientes os melhores resultados com ações simples, porém focadas em nosso compromisso de abranger qualidade X resultado. A kakoi conta com equipe especializada em diferentes áreas para garantir a pluralidade dos projetos abrangendo a maior frente possível de comunicação.

Fonte: KAKOI Comunicação
R. Gumercindo Mares, 119 – Vista Alegre, Curitiba – PR,
Fone:  (41) 3014-7662
www.kakoi.com.br

 

Previous post

Carolina tem cachoeiras e sítios arqueológicos ainda pouco explorados

Next post

Com passagens aéreas, hospedagem e translado, Pernambuco e Uruguai são destinos especiais na Flyworld

Kakoi Comunicação

Kakoi Comunicação

A Kakoi Comunicação é uma empresa nova que nasce com o objetivo de proporcionar aos clientes os melhores resultados com ações simples, porém focadas em nosso compromisso de abranger qualidade X resultado.

Na Kakoi a necessidade do cliente é uma necessidade nossa. Contamos com equipe especializada em diferentes áreas para garantir a pluralidade dos projetos abrangendo a maior frente possível de comunicação.