O evento acontece no dia 21 deste mês e abordará discussões sobre o impacto das novas leis trabalhistas no Brasil

Um dos temas que mais preocupam a população mundial é o futuro do mercado de trabalho. Especialistas da área calculam que, só no período entre 2015 e 2020, serão perdidos cerca de 7 milhões de empregos no mundo, principalmente na área industrial.  Pensando nisso, a FIPE, CENAM e Kwigoo criaram o 1º Fórum O Futuro do Trabalho, que trará palestras a respeito do tema, além de discutir o impacto das novas leis trabalhistas no país. O evento será realizado no dia 21 de março e terá início às 9h, no auditório da CIEE, em São Paulo.

Para Lívio Giosa, presidente do CENAM e presidente-executivo da ADVB, o 1º Fórum O Futuro do Trabalho vai levantar questões pertinentes que ainda não foram totalmente esclarecidas, além de trazer opiniões de especialistas no mercado de trabalho. “O nosso objetivo ao promover esse evento é de ressaltar a importância do tema para a sociedade, além discutir as consequências que as leis trabalhistas recentemente aprovadas vão trazer ao país”, afirma. “O futuro do trabalho ainda é incerto. O avanço da tecnologia, o envelhecimento da população e as novas leis entrando em vigor são fatos que estão promovendo transformações no mercado de trabalho e precisam ser discutidos”, completa.

O 1º Fórum O Futuro do Trabalho terá 8 horas de duração – das 9h às 17h – e vai contar com palestras de diversas autoridades no assunto. Confira abaixo a programação:

 

Horário Tema
09h00/09h20 Abertura
09h20/09h50 Palestra 1 – O Estado do Futuro e os impactos nas atividades e profissões

Rosa Alegria – Vice Presidente do NEF – Núcleo de Estudos do Futuro da PUC-SP

09h50/10h20 Palestra 2 – Os impactos da nova Lei da Terceirização na gestão das organizações

Lívio Giosa – Presidente do CENAM (Centro Nacional de Modernização Empresarial)

10H20/10H50 Palestra 3 – A Lei da Reforma Trabalhista e dos Empregos Temporários pode gerar aumento da empregabilidade?

Vander Morales – Presidente do SINDEPRESTEM

10h50/11h05 Coffee break
11h05/11h35 Palestra 4 – Como o Trabalho à Distância se enquadra no modelo de empregabilidade disposta na nova Lei da Reforma Trabalhista

Cléo Carneiro – Presidente da SOBRATT – Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades

11h35/12h05 Palestra 5 – Os pontos de convergência da Lei da Terceirização e da Reforma Trabalhista sob a visão da Revolução 4.0

Wolnei T.Ferreira – Diretor Jurídico da ABRH Brasil

12h05/12h35 Palestra 6 – A nova gestão de RH frente às novas regras advindas da Lei da Terceirização e da Lei da Reforma Trabalhista

Wagner Brunini – VP Financeiro da ABRH

12h45/14h00 Almoço Livre
14h00/14h30 Palestra 7 – Os impactos na economia à luz da vigência da Lei da Terceirização e da Lei da Reforma Trabalhista

Eduardo Zylberstajn – Economista FIPE

14h30/15h00 Palestra 8 – O Futuro do Trabalho e os Impactos das Leis na Indústria

Luciana Nunes Freire – Diretora Executiva Jurídica da FIESP

15h00/15h30 Palestra 9 – O estado da arte da Reforma Trabalhista após a vigência da nova Lei

Gleibe Pretti – Advogado Trabalhista

16h00 Encerramento

 

 

Previous post

Promosul recebe mais de 110 mil visitantes em 2017, e pretende crescer ainda mais

Next post

Você sabia que o ácido fólico não auxilia no processo de gravidez?

Communica Brasil

Communica Brasil

Fundada com o objetivo de oferecer ao mercado uma empresa criativa, eficiente e inovadora de comunicação integrada e de relações públicas, atende a clientes das mais diversificadas áreas de atuação por meio de projetos concebidos sob medida e executados com determinação a fim de conquistar resultados diretos para o negócio do cliente. Para algumas empresas, somos uma extensão do departamento de marketing e, para outras, executamos projetos pontuais. Não importa o serviço necessário, contamos com uma equipe competente, de variados segmentos da comunicação, para oferecemos soluções completas e com um alto nível de desempenho em nosso campo de atuação, sempre comprometidos com a qualidade, eficiência e resultados.