Ser mãe é maravilhoso e faz parte dos sonhos de muitas mulheres. Porém, junto com a maternidade, surgem muitos desafios e situações difíceis de serem vivenciadas pelas mães. As cobranças diárias, sejam delas mesmas ou das pessoas ao seu redor, podem acarretar em um sentimento de culpa, de que poderiam estar fazendo mais, ou melhor, para o seu bebê, não importa o quanto já tenham se esforçado. Com o intuito de apoiar estas mulheres, acolhendo e compreendendo estes momentos, a Pro Matre Paulista, uma das maternidades mais tradicionais de São Paulo, acaba de lançar uma campanha intitulada #MaternidadeSemCulpa, que engloba uma websérie com influencers e especialistas da saúde. A ideia do projeto, que contará com diversas ações ao longo do ano, é ajudar as mães a lidarem com a culpa que vem junto com a maternidade.

 

A psicóloga da Pro Matre Paulista, Mariana Bonsaver, conta que aceitar que a mãe não é e nem precisa ser a mãe do ano é algo libertador. “As gestantes e mães lidam muito com a culpa diária e se perguntam: posso sentir isso? Se eu não planejei essa gestação, então não estou amando meu bebê como deveria? Não estou conseguindo amamentar, portanto, sou uma mãe pior por causa disso? Estou agindo de forma inadequada? A mãe deve compreender que não precisa ser perfeita e os dias ruins sempre passam. Também é importante entender que cada uma tem a sua experiência”, diz.

 

Segundo o Dr. Alberto d’Auria, obstetra da Pro Matre Paulista, é fundamental que a mãe conte com a família neste novo momento. “Ela precisa compreender que é um ser humano e que, sendo assim, tem o direito de sentir tristeza, insegurança, raiva, além de muitos outros anseios. Nada disso interfere no amor que ela sente pelos filhos. É preciso ter consciência de que a maternidade envolve um sentimento de culpa absolutamente normal e passageiro. Ela precisa de tempo para entender que todas as mães passam por isso de alguma forma. Sempre surgirão dúvidas quanto à melhor maneira de agir, mas isso acontece em todas as famílias”, ressalta o especialista.

 

O médico afirma que mudanças de humor são completamente naturais nesta fase, portanto, a grávida não deve se culpar por estar triste ou zangada momentaneamente, por exemplo. “Tentar conversar com o parceiro(a), amigos ou com o obstetra é fundamental. É preciso compartilhar a gravidez e manter a calma, pois as transformações são passageiras. Porém, se for o caso, não hesite em procurar ajuda de um psicólogo ou psicanalista”, conta. A mãe também pode optar por atividades para aliviar a tensão, como caminhadas, atividades físicas leves, meditação, ioga, natação, entre outras. Tudo isso com orientação do seu médico, claro.

 

Uma dica do médico é que a mãe tente não se estressar neste período. Relevar brigas bobas e pensar no seu bem-estar e do bebê é importante. “Além disso, é interessante que ela aumente a ingestão de água e invista em uma alimentação saudável, que são itens fundamentais para o bem-estar emocional e físico da mãe. Tudo deve andar em equilíbrio”, ressalta o profissional.

 

Outro desafio enfrentado pelas mães neste período é a amamentação, que apesar de ser um ato lindo, pode ser um procedimento difícil e doloroso. “A forma como a futura mãe é acolhida por sua família, acompanhante ou amigos é determinante na amamentação. É durante o aleitamento materno que o vínculo entre ela e o filho começa a ser criado e fortalecido. Porém, caso a mãe não consiga amamentar, não deve se sentir culpada por isso e precisa ser amparada pela família. Ela não deixa de ser menos mãe por causa disso. Cada mãe tem a sua experiência e deve se sentir forte e capaz”, conta o dr. d’Auria.

 

Uma das ações da campanha #MaternidadeSemCulpa engloba uma websérie sobre temas pertinentes como amamentação, vida conjugal, principais mudanças sentidas durante a gestação, entre outros assuntos. Os vídeos estão disponíveis na página da instituição no Youtube e contam com a participação de influencers importantes como Babi Sabbag, Francielli Rezende, Carol Manciola e Carol e Elam, do canal Cuca de Pai, Cachola de Mãe.

Previous post

Aulas de zumba esquentam os domingos de inverno na Avenida Paulista

Next post

Terras Altas Hotel & Convention Center tem pacote temático de festa julina

Máquina Cohn & Wolfe

Máquina Cohn & Wolfe

Criar, construir e proteger marcas para atingir os objetivos do cliente. Essa é a nossa missão.

Somos uma das maiores e mais respeitadas agências de relações públicas no Brasil e fazemos parte da Cohn & Wolfe e do grupo WPP.

Combinamos uma equipe de alto desempenho e experiência para atender demandas por serviços de marketing integrado para companhias brasileiras e multinacionais.