Experiência internacional faz a diferença na carreira e no desenvolvimento pessoal

Elemento chave para o sucesso profissional, o intercâmbio tem sido muito procurado por jovens e adultos brasileiros para enriquecer currículos acadêmicos e para o desenvolvimento e crescimento pessoal. De acordo com pesquisa apresentada pela Belta (Brazilian Educational & Language Travel Association), em dois anos, dobrou o número de intercambistas entre 18 e 21 anos – eram 40,2 mil em 2015 e, em 2017, foram 90,9 mil.

No entanto, quais seriam as principais razões que vêm fazendo cada vez mais gente arrumar as malas e realizar o intercâmbio?

A coordenadora do curso de Relações Internacionais do Centro Universitário Internacional Uninter, Caroline Cordeiro, aponta vários benefícios da prática. “O intercâmbio é uma excelente oportunidade por vários motivos, o primeiro deles certamente é a experiência acadêmica. Cada universidade tem uma riqueza única em suas disciplinas e metodologia de ensino. Poder vivenciar isso é um ganho pedagógico acadêmico. Além da vantagem acadêmica, a experiência cultural também é única, poder viver a realidade cultural de outro país, em especial nos corredores de universidades, é muito singular e engrandecedor”, conta.

Sobre a questão profissional, a coordenadora destaca outros fatores que considera importantes. “Vale também considerar o ganho para o currículo. O mercado está cada dia mais competitivo e ter um intercâmbio destacará o currículo do aluno pelo conhecimento da língua e por demonstrar um perfil arrojado e flexível”, explica Caroline.

Na Uninter, por exemplo, todo aluno de graduação pode realizar o seu intercâmbio. São mais de 15 instituições parceiras nas quais o estudante pode viver essa experiência. Além disso, é possível concorrer ao Programa Ibero-Americanas Santander que contemplará mais de mil universitários com bolsa-auxílio no valor de três mil Euros.

 

Sobre o Grupo Uninter

O Grupo UNINTER é o maior centro universitário do país, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).  Sediado em Curitiba (PR), já formou mais de 500 mil alunos e, hoje, tem mais de 200 mil alunos ativos nos mais de 200 cursos ofertados entre graduação, pós-graduação, mestrado e extensão, nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. Com 600 polos de apoio presencial, estrategicamente localizados em todo o território brasileiro, mantém quatro campi no coração de Curitiba. São 2 mil funcionários trabalhando todos os dias para transformar a educação brasileira em realidade. Para saber mais acesse uninter.com.

 

Previous post

Vacinação é responsabilidade de todos

Next post

Centro Universitário promove Feira de Empregos e Profissões em Curitiba e oferta 3.500 vagas de trabalho

Página 1 Comunicação

Página 1 Comunicação