Evento que reunirá o corpo docente das escolas da Rede Municipal da região Centro Sul, nos dias 16 e 17 de julho, acontece no município de Carazinho (RS)

Transformar conhecimento científico em conhecimento escolar. Esse é o objetivo do Congresso Nacional de Educação que será realizado em Carazinho (RS). Quem vai abrir o evento é o diretor da Escola Superior de Saúde, Biociência, Meio Ambiente e Humanidades do Centro Universitário Internacional Uninter, Rodrigo Berté, com sua palestra sobre “Transposição Didática: na vida da escola e na escola da vida – a profissão”.

O diretor explica que na maioria dos casos, os livros didáticos trabalham em cima de casos que não tem relação com a realidade local, o que faz com que os alunos percam o interesse pelo conteúdo. “A Transposição Didática permite articular o conhecimento ao dia a dia dos estudantes e desperta a atenção”, explica Berté.

Um exemplo prático do tema será apresentado por um aluno do 9º ano do ensino fundamental, da escola municipal Políbio do Vale, que cantará uma música rap sobre a realidade dos catadores de lixo reciclável da comunidade onde o colégio está inserido. “Queremos incentivar os professores a utilizarem as Tecnologias da Informação e Comunicação (TICS) como aliados para transmitirem conhecimento com mais profundidade aos alunos”, avalia Berté.

O encontro, voltado a diretores, professores e secretários da rede municipal de ensino, acontece nos dias 16 e 17 de julho, na Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) do município de Carazinho (RS). A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e Cultura da cidade com a Uninter e o Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi).

Sobre o Grupo Uninter

O Grupo UNINTER é o maior centro universitário do país, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).  Sediado em Curitiba (PR), já formou mais de 500 mil alunos e, hoje, tem mais de 200 mil alunos ativos nos mais de 200 cursos ofertados entre graduação, pós-graduação, mestrado e extensão, nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. Com 600 polos de apoio presencial, estrategicamente localizados em todo o território brasileiro, mantém quatro campi no coração de Curitiba. São 2 mil funcionários trabalhando todos os dias para transformar a educação brasileira em realidade. Para saber mais acesse uninter.com.

Previous post

Uninter cria ferramenta gratuita de auxílio à escolha profissional para estudantes do ensino médio

Next post

Vacinação é responsabilidade de todos

Página 1 Comunicação

Página 1 Comunicação