As ações “Livros que Alimentam” e “8ª Feijoada Não é Palhaçada” convidam a população a contribuir com projetos sociais

Quem passar pelo mercado Guguy, em Paranavaí (PR), no próximo sábado (1º/9) poderá trocar dois quilos de alimentos por um livro. É a ação “Livros que Alimentam”, promovida pelo polo de apoio presencial do Centro Universitário Internacional Uninter em Paranavaí. Os alimentos serão repassados para os Sentinelas do Bem, projeto que leva alimentos, roupas e apoio para moradores de rua da cidade.

“São livros de alunos que terminaram o curso ou que estavam duplicados”, explica o gestor do polo, Daniel Lúcio Ferrarese. Com a ação, há um benefício duplo: livros que estão ociosos encontrarão novos donos e, ao mesmo tempo, contribuirão com a arrecadação de alimentos para quem precisa.

Não é a primeira vez que os “Livros que Alimentam” auxiliam o projeto Sentinelas do Bem. Em 2017, os alimentos arrecadados foram transformados em uma ceia de Natal para moradores de rua e famílias carentes da cidade. Na ocasião, mais de 80 livros das mais diversas áreas de ensino foram trocados.

8ª Feijoada Não é Palhaçada

Também neste sábado o polo Uninter vai apoiar a 8ª Feijoada Não é Palhaçada, organizada pelo grupo Médicos do Humor com apoio do Rotary Club Paranavaí Montoya. O almoço acontece na Paróquia São Sebastião.

Interessados podem adquirir os convites por R$ 30 com os palhaços voluntários do Médicos do Humor, na loja Rede Net Informática ou ainda pela página do Facebook ou pelo perfil do Instagram do grupo. O lucro será revertido para apoiar projetos sociais da cidade.

Sobre o Grupo Uninter

O Grupo UNINTER é o maior centro universitário do país, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).  Sediado em Curitiba – PR, já formou mais de 500 mil alunos e, hoje, tem mais de 200 mil alunos ativos nos mais de 200 cursos ofertados entre graduação, pós-graduação, mestrado e extensão, nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. Com mais de 700 polos de apoio presencial, estrategicamente localizados em todo o território brasileiro, mantém quatro campi no coração de Curitiba. São 2 mil funcionários trabalhando todos os dias para transformar a educação brasileira em realidade. Para saber mais acesse uninter.com.

Previous post

ENEM 2018: entender a prova é mais importante do que estudar exaustivamente, aponta especialista

Next post

200 mil campos de futebol: esse é o cenário atual do desmatamento no Brasil

Página 1 Comunicação

Página 1 Comunicação