Baseada em algoritmos de Inteligência Artificial e outras tecnologias, aumenta o lucro em até 6 vezes e dá apoio ao gestor na tomada de decisões   

Atenta às novas demandas do mercado, a Betta Tecnologia investe no desenvolvimento da plataforma BovExo, um sistema que apoia o pecuarista na tomada de decisão por meio da integração de tecnologias inovadoras como Internet das Coisas (IOT) e outras que, em muitos casos, já estão em uso na fazenda. Por meio de algoritmos de Inteligência Artificial, a plataforma apoiará o pecuarista para a redução dos custos.

“Com a BovExo o gestor da fazenda planeja tudo que se refere à engorda do gado por meio da leitura e integração adequada de dados estratégicos que já estão no sistema da fazenda, mas não são utilizados corretamente”, explica Wesley Bonini, Product Owner da plataforma na Betta Tecnologia.

A integradora Betta, que atua há 29 anos no mercado de TI, entra neste projeto como investidora tecnológica e também no desenvolvimento e suporte técnico na fase inicial. O segundo aporte na BovExo foi realizado pela PRX Empreendimentos e Participações, que, por meio de sua controladora (a Premix, empresa nacional especializada em suplementação de animal) traz sua expertise zootécnica para a estruturação das funcionalidades.

Segundo Bonini, existe muita demanda neste segmento por soluções como a BovExo para a integração de informações estratégicas com dados atualizados diariamente.Por exemplo: cada vez que o gado passa pela balança (conectado à plataforma por meio de dispositivos IOT) o sistema envia a informação sobre o peso do gado, da mesma forma quando o gado vai beber água, por meio de uma coleira que envia dados, é possível saber quantas vezes o gado abaixa a cabeça para comer.

“Com os algoritmos de Inteligência Artificial mostramos ao gestor quanto está perdendo porque não identifica qual gado precisa ganhar peso. Com a BovExo é possível aumentar o lucro do pecuarista em até seis vezes em relação à média atual com a integração e análise correta das informações”, revela o Product Owner.

Para Munir Buchalla, CEO da Betta Tecnologia, a plataforma é um modelo de negócio disruptivo e a arquitetura financeira tem como diferencial o smart money – quando o investimento traz, também, alavancas de negócio.

Previous post

Geraldo Alckmin defende reforma da Previdência para retomada do crescimento econômico em evento da ADVB-SP

Next post

O impacto das regras do sistema de pagamentos instantâneos no mercado

Bottini Comunicação

Bottini Comunicação