Em abril, mês em que se comemora o Dia Nacional do Livro Infantil (em 18/04), o Londrina Norte Shopping e a Cia Curumim Açu prepararam especialmente para o Teatro Do Clubinho o espetáculo “As Memórias Da Emília”. Nesta montagem exclusiva, Emília, já com seu livro em mãos, resolve “computadorizar” as suas memórias para que sejam “internetizadas” e possam alcançar “as crianças do futuro”.

Só o que a Emília não esperava é que Cuca iria roubar seu livro com a intenção de apagar e reescrever todas as Memórias da Emília, dando fim ao Sitio do Picapau para sempre. Nesta aventura, Emília contará com a ajuda de Pedrinho, de Narizinho e com a força da imaginação das crianças da plateia do Clubinho para resgatar o livro e impedir que a malvada Cuca consiga acabar com o futuro do Sítio para sempre.

Esta é mais uma divertida comédia que o Teatro do Clubinho do Londrina Norte Shopping apresentará ao público, no mês de nascimento de Monteiro Lobato, autor desse clássico da literatura infantil brasileira. A encenação da obra que integra o “Sítio do Picapau Amarelo” é uma homenagem do Teatro do Clubinho ao grande escritor brasileiro.

Na história original, Emília dita ao Visconde de Sabugosa cada palavra de suas memórias, que transcreve a bico de pena as ideias da boneca de pano para que ela realize o sonho de escrever “o melhor livro da Biblioteca do Sítio do Picapau Amarelo”. A releitura que irá ao palco no Londrina Norte Shopping promete surpresas e muita interação entre plateia e artistas.

Serviço – As apresentações do Teatro do Clubinho são sempre aos sábados e domingos, em duas sessões: às 16h e 18h. Os ingressos custam R$ 15 e podem ser adquiridos no site sympla.com.br/teatrodoclubinho ou na bilheteria do teatro, a partir das 14h nos dias das apresentações. Crianças de até 4 anos e pessoas com necessidades especiais têm direito a acompanhante, com pagamento de apenas um ingresso. 

Foto: Roberto Francisco/Divulgação

Previous post

"Labirinto da Turma da Mônica" no Catuaí Shopping

Next post

"Precizo" de uma vaga? Erros de português podem atrapalhar a busca pelo novo emprego

Página 1 Comunicação

Página 1 Comunicação