Marco Antonio Capelletto, de Cascavel (PR), está cursando o primeiro ano de Agronomia na Escola Superior de Agricultura da Universidade de São Paulo (ESALQ-USP), em Piracicaba (SP). Ele escolheu a instituição entre outras sete em que foi aprovado com o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A nota da prova foi um instrumento importante para ele garantir acesso a universidades conceituadas no País e por isso se dedicou para isso em sua vida escolar.

Aluno do Colégio Marista Cascavel, que conquistou o melhor desempenho da cidade e a 34ª posição no Estado, Capelletto utilizou tanto conhecimento acadêmico como experiências de vida para se preparar. “Participei de diferentes olimpíadas acadêmicas, feiras de ciência, rádio Marista, Câmara Jovem, Comissão Local de Juventude e várias outras iniciativas. Com certeza, depois de participar de projetos e enxergar diferentes realidades sociais e acadêmicas eu pude ver como o ensino completo fez a diferença na minha formação”, analisa.

Assim como ele, outros jovens também estão utilizando o ENEM para entrar em universidades no Brasil e no exterior. Países como Portugal, Inglaterra, França, Irlanda e Canadá aceitam a nota para ingresso em cursos de graduação. Para o diretor do Colégio Marista Cascavel, Edmilson Rodrigues Martins, o resultado é motivo de orgulho para toda a instituição. “As provas realizadas pelos alunos da 3ª série do Ensino Médio são um resultado do ensino que tiveram ao longo da vida. Especialmente em avaliações como o ENEM, que pedem opinião crítica e análise de informações, vemos que nossos alunos estão bem preparados tanto para a vida acadêmica como para o mundo”, analisa.

Com média de 632 pontos nas provas objetivas em 2018, os alunos maristas de Cascavel apresentaram melhora de 3,6% pontos no resultado, em comparação ao ano anterior. A média obtida na redação também ganha destaque, com 706,5 pontos. Os estudantes conquistaram um lugar relevante também no ranking estadual, com a 34ª posição geral na média das provas objetivas e a 35ª colocação na média da redação. Para a coordenadora do Ensino Médio do Colégio Marista Cascavel, Luciana Faria, os números mostram que o ensino integral e pautado em valores forma estudantes mais completos. “Mais que alunos, formamos cidadãos preparados, com conhecimento acadêmico, cultural e opinião crítica sobre o mundo. Esse é nosso grande orgulho e motivo de celebração”, confirma.

Sobre a Rede Marista de Colégios: A Rede Marista de Colégios (RMC) está presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.

Previous post

Catuaí Run: agora é só retirar os kits

Next post

Iniciativa reúne netos e avós para resgatar brincadeiras infantis

Página 1 Comunicação

Página 1 Comunicação