Cantar em inglês pode alavancar artistas brasileiros nos EUA 

Cantar em inglês abre portas internacionais e a maior prova disso é a banda brasileira com maior sucesso no exterior: o Sepultura. Além da qualidade musical, o inglês foi preponderante para a exposição internacional da banda de thrash metal. Também pudera! O inglês é a língua mais falada do mundo — não em número de pessoas, mas geograficamente. É impossível projetar-se no mundo de quem “conversa” com todas as instâncias do mercado internacional — grandes gravadoras, empresários, músicos, engenheiros e o consumidor final — sem falar o idioma deles:

“E note que o caso do Sepultura é curioso, pois no início da carreira eles compunham as músicas usando um dicionário inglês-português, então mesmo sem dominar completamente o idioma. Eles já tiveram uma oportunidade de crescimento e aumento de exposição pelo simples fato de cantarem em um idioma que o mundo compreende” explica Kadu Nogueira, co-fundador da GO15, startup de tecnologia para área de ensino. 

Maior mercado musical do mundo é nos Estados Unidos
As chances de conseguir sucesso fora do Brasil com inglês fluente são enormes. Kadu reforça que os Estados Unidos é o maior mercado consumidor do mundo, que cria e propaga tendências culturais pelo planeta. Mesmo os grandes artistas que gravaram em espanhol dentro dos EUA, como Gloria Estefan, Ricky Martin, Julio Iglesias e até mesmo Tom Jobim — este gravando em português — só conseguiram exposição nacional no país após gravarem em inglês. 

Artistas e alta precisam falar inglês
Até mesmo artistas populares, como Annita, precisaram estudar outros idiomas para conseguir sucesso fora de nosso país. Nunca é tarde para começar a aprender, mesmo sendo um artista consagrado, mesmo porque um artista muito famoso dentro do Brasil pode ser completamente desconhecido nos EUA, mesmo com o mundo hiperconectado em que vivemos hoje:

“Artistas que busca novos mercados precisa fazer certos ajustes, e o idioma é um dos principais deles. Pessoas que falam mais de uma língua ainda são vistas com outros olhos, além de parecerem simpáticas ao mercado local pelo esforço em serem compreendidas no idioma nativo daquele público” pontua Kadu.

Outros países também se adaptaram
Saber inglês vale não apenas para o Brasil, mas para todos os países. Há exemplos de bandas de outras localidades que seguiram este caminho, como os alemães do Scorpions. O inglês não só é a língua oficial da música no mundo, mas dos negócios, da ciência e da cultura em geral:
“As portas se abrem facilmente para quem fala inglês fluente, então é natural que artistas de outras partes do mundo busquem falar o idioma. Além do Scorpions, temos bandas como Rammstein e os italianos do Premiata Forneria Marconi sem contar os atores que passaram a ter muito mais visibilidade quando adotaram o inglês como idioma” conclui Kadu!


Sobre a GO15
A GO15 é uma StartUp de tecnologia com aplicação inovadora focada na área de educação. Através da construção de uma estrutura de conhecimento e de um método associativo nunca praticado no mercado de ensino de idiomas até então, a GO15 utiliza tecnologia de ponta e de fácil acesso, respeitando o tempo de cada aluno para alcançar o seu principal objetivo: falar inglês fluentemente.

Acesse: https://go15.today/

Fonte: Kakoi comunicação
Imagem: Freepik 

Sanduíche pastrami Casa Primavera - foto divulgação
Previous post

Casa Primavera é novidade na charcutaria artesanal em Curitiba

Next post

Londrina Norte Shopping participa da Semana do Brasil com descontos especiais

Kakoi Comunicação

Kakoi Comunicação

A Kakoi Comunicação é uma empresa nova que nasce com o objetivo de proporcionar aos clientes os melhores resultados com ações simples, porém focadas em nosso compromisso de abranger qualidade X resultado.

Na Kakoi a necessidade do cliente é uma necessidade nossa. Contamos com equipe especializada em diferentes áreas para garantir a pluralidade dos projetos abrangendo a maior frente possível de comunicação.