As tubulações presentes nas linhas de produção industriais costumam transportar grandes quantidades de líquidos e semissólidos. Como os resquícios desses produtos ficam alojados nas partes internas dos tubos, é necessário que haja uma higienização periódica. Somente assim, evitam-se focos de contaminação, entupimento das linhas e demais problemas que prejudicam de muitas formas o sucesso da produção.

De acordo com a Ultra Clean Brasil, fornecedora de tecnologias para a limpeza interna de tubulações industriais, os métodos mais conhecidos e utilizados hoje pelo mercado não são capazes de promover a higienização completa.

“Isso significa prejuízos alarmantes a curto, médio e longo prazo para as indústrias”, alerta Bruno Ract, diretor de marketing da Ultra Clean Brasil. “O método mais eficaz é a limpeza com arraste mecânico, que reduz o consumo de água e de sanitizantes, e realmente elimina das tubulações problemas como o biofilme microbiano e o rouge.”

As limitações da limpeza convencional

Dentre os métodos convencionais voltados para a limpeza de linhas de água, de processo e de envase, a limpeza química é o mais utilizado. O problema deste método é que há limitações que não podem ser ultrapassadas, já que a ação é feita por indução líquida.

“Como uma tubulação contaminada possui, na maioria dos casos, depósitos de microrganismos que formam, por exemplo, o biofilme, oxidações e incrustações, sempre acabam ficando resíduos quando se utiliza apenas água e produtos químicos na limpeza”, explica Ract. “Principalmente na parte superior das paredes e nas curvas das linhas, que são os pontos mais críticos de contaminação e que a química não consegue alcançar.”

Por sua vez, os resíduos que permanecem, se transformam rapidamente em novos focos de contaminação, mais resistentes e em maior quantidade devido à proliferação de bactérias, ou quaisquer outros microrganismos.

Limpeza com o método Ultra Clean System (UCS)

Diferentemente do método convencional, a tecnologia Ultra Clean System/Patenteada faz a limpeza das tubulações com arraste mecânico.  Realizada em tubulações, tubos e mangueiras, conta com projéteis que são disparados por uma pistola pneumática que libera ar comprimido.

O projétil (composto especial de poliuretanos em forma cilíndrica) possui diâmetro 20% maior que o diâmetro interno das linhas e é empurrado por ar comprimido (o que expande o projétil ainda mais).

Essa combinação promove o atrito necessário para que ocorra uma “escovação” nas superfícies internas das tubulações e faz a remoção total dos resíduos acumulados e das camadas de contaminantes, o que a limpeza convencional não é capaz de garantir. 

O resultado de higienização com UCS garante o funcionamento eficaz de todo o sistema abastecido pelas linhas de produção. O melhor é que evita o recrescimento de contaminados e o acúmulo de sujeira.

O processo é rápido e prático, evita o congelamento da produção, o desperdício de sanitizante, água, e outros materiais, o retrabalho de funcionários, o despejo desnecessário de química no ETE e ainda faz o reaproveitamento do produto nas linhas de envase.  Para mais informações, acesse site www.ultracleanbrasil.com.br

Previous post

Vila Verde completa um mês e é sucesso entre os amantes do estilo de vida saudável

Next post

Atrium Shopping apresenta Beatles para crianças

Diálogo Assessoria de Imprensa

Diálogo Assessoria de Imprensa

A Diálogo Assessoria de Imprensa é uma agência de comunicação criada pelo jornalista Edson Barros, que possui mais de 20 anos de experiência na área de comunicação empresarial. Como profissional atuante também em jornais diários, revistas segmentadas e sites, o jornalista conta com amplo conhecimento dos bastidores da profissão, o que é fundamental para levar a divulgação sobre sua empresa para os canais corretos. Ao longo dos anos, a Diálogo vem ajudando empresas dos mais diversos segmentos a se tornarem mais conhecidas na mídia, valorizando suas marcas e produtos através de reportagens em jornais, revistas, sites, rádio e TV. Conte conosco para levar sua mensagem adiante.