“O evento vem em formato de MARATONA porque entendemos que o mundo em quarentena nos trouxe algo ainda maior: a reviravolta na economia”, afirma Priscilia Queiroz, idealizadora da iniciativa e CEO da Rede Mulheres Que Decidem

Nos próximos dias 24 e 25 de abril acontece, ao vivo, no Youtube, a 1ª Maratona H2H – A retomada da economia mundial. A Maratona foi criada pela Rede Mulheres Que Decidem – primeira empresa brasileira de educação corporativa para a mulher empreendedora. Seu objetivo é ajudar no desenvolvimento de negócios guiados pelo modelo H2H (Humano para Humano). De acordo com os organizadores da iniciativa, o entendimento e a adesão a esse padrão tornam-se essenciais para a sobrevivência dos negócios porque é preciso que empresas desloquem rapidamente sua energia para criar um modelo alinhado com as novas demandas do consumidor atual, econômica e emocionalmente impactado pelo isolamento social e presente apenas no ambiente digital. Para tanto, a Maratona terá 17 especialistas com reconhecimento nacional e internacional, que já aplicam esse modelo H2H em sua realidade.

“A audiência do online tornou-se ainda mais disputada. Todos em busca de ´um lugar ao sol´ e isso causa sentimentos, reações diversas e uma divisão ainda maior dos recursos disponíveis para quem consome pelo online, lugar onde todos estão, atualmente”, reflete Priscilia Queiroz, idealizadora da iniciativa e CEO da Rede Mulheres Que Decidem. Para uma integração saudável a esse novo ciclo econômico é imperativo o entendimento dessa filosofia que prima pelo engajamento humano. “O evento vem em formato de MARATONA porque entendemos que o mundo em quarentena nos trouxe algo ainda maior: a reviravolta na economia”, complementa

A Maratona de conhecimento estará disponível no meio do link de inscrição gratuita https://contato.site/0b63f6b1f9/imersao-online/virada-online. Nos dois dias, haverá 7 horas diárias de transmissão, ao vivo, com espectadores no Brasil e em Portugal: das 9h às 18h (horário de Brasília) e das 13h às 22h (horário da Lisboa).

A mobilização poderá se transformar em doações de cestas básicas que integram a campanha Êxito Solidário, do Instituto Êxito de Empreendedorismo e tem a meta de arrecadar 50 mil cestas básicas para as famílias que mais precisam desse apoio, nesse momento de crise econômica. Os interessados em contribuir, terão mais informações, ao longo do evento.

Temas e Palestras

HORÁRIO (BRASÍLIA) DIA 24 DE ABRIL DIA 25 DE ABRIL
9h O PODER DAS COMUNIDADES E A NOVA FORMA DE FAZER NEGÓCIOS Priscilia Queiroz – CEO da Rede Mulheres Que Decidem (RMqD) REDE MQD – ABERTURA DO EVENTO E BOAS VINDAS Priscilia Queiroz – CEO da Rede Mulheres Que Decidem (RMqD)
10h ESTRATÉGIA DE NEGÓCIOS E TRANSFORMAÇÃO EM TEMPOS DE CRISE Paula Oliveira – Sócia-fundadora da Ewaá   COMO VENCER NA CRISE Luciana Castelli – Gestora de Negócios Internacionais, CEO da OMNI Master Investiments (DIRETO DE PORTUGAL)
11h DESENVOLVIMENTO PESSOAL PARA TOMADA DE DECISÕES Tati Sinceraa – Terapeuta e desenvolvimento pessoal   PAINEL – INSTITUTO ÊXITO DE EMPREENDEDORISMO – Você empreende ou apenas sobrevive? Belino, Janguie e Chaim – Fundador e Sócio do Instituto Êxito de Empreendedorismo.
  12h PAINEL –  ÊXITO LADIES – O PAPEL DA MULHER NO EMPREENDEDORISMO  – 51,2% dos novos empreendimentos, criados todos os anos, são feitos por mulheres. ESTRATÉGIA DE NEGÓCIOS E TRANSFORMAÇÃO EM TEMPOS DE CRISE Paula Oliveira – Sócia-fundadora da Ewaá
14h DINHEIRO EM TEMPOS DE CRISE Carol Paiffer –  CEO e sócia-fundadora da ATOM Investimentos CIDADE HERA E O EMPODERAMENTO DA MULHER Marianela Mirpuri – Fundadora da Hera (DIRETO DE PORTUGAL)
15h TRANSIÇÃO DE CARREIRA – COMO SE REINVENTAR EM TEMPOS DE CRISE Fabiana Gonçalves – Idealizadora e líder das Empreendedoras 55 A IMPORTÂNCIA DO ASSOCIATIVISMO EM TEMPOS DE CRISES Ana Claudia Cotait – Presidente do CMEC FACESP, ACSP
16h SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA = EMPREENDEDORISMO H2H Francesca Giobbi – Fundadora do Ecossistema FreedomeE (DIRETO DE PORTUGAL) BIO_GRAPHIA – DISRUPÇÃO E SUSTENTABILIDADE Larissa Ortiz – Fundadora da Bio_graphia Sustent. e S.U.C.E.S.S.O.
17h COLABORAÇÃO, CONFIANÇA E CRIATIVIDADE: BASES PARA A NOVA ERA Izabella Ceccato – Fundadora do O poder da colaboração UMA NOVA VISÃO DE FUTURO Lurdes Dorta – Vice-presidente do Instituto Mulheres Que Decidem (MQD)

A Maratona H2H é uma iniciativa assinada pela Rede Mulheres Que Decidem (R-MqD), em parceria com o Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC), com a Empreendedoras 55, ATOM Investimentos e o Instituto Êxito de Empreendedorismo como apoiador beneficiário.

Mais sobre o conceito H2H

De marketplaces a restaurantes, passando por agências de viagens, pousadas, serviços de pequenos reparos, todas os negócios mudaram. A escolha do consumidor passa pela necessidade extrema, atrelada à empatia entre marcas e clientes. Agora, as empresas precisam aprender a conversar com o consumidor, por meio de ações e posicionamentos que agreguem, contribuam com os valores humanos de pessoas e comunidades. Ninguém escapará desse crivo, o cliente estará mais atento e ávido por defender e apoiar marcas que tragam soluções às suas necessidades e que inspirem outros segmentos e empresas em iniciativas criativas, positivas e humanitárias.  O contrário também virá com mais força. Os mesmos consumidores se engajarão, de forma mais enérgica, a campanhas de boicote a marcas capazes de ignorar o novo momento mundial ou que assumam uma postura de isolamento em posicionamentos autocentrados. O importante será agir com empatia.

Serviço

O quê: 1ª Maratona H2H

Quando: 24 e 25 de abril

9h às 18h – Horário de Brasília – Brasil

13h às 22h – Horário de Lisboa – Portugal

Onde: Youtube – Link Gratuito – Basta Inscrever-se –  https://contato.site/0b63f6b1f9/imersao-online/virada-online

Público: empresas, empreendedores, profissionais

Objetivo:  ajudar no desenvolvimento de negócios guiados pelo modelo H2H (Humano para Humano). É preciso que empresas entendam as demandas do consumidor atual, presente apenas no ambiente digital e impactado econômica e emocionalmente, pela Covid-19

Previous post

Empresa de RH segue recrutando candidatos mesmo em Home Office

Next post

Sem monitoramento preciso, combate ao Coronavírus fica ineficaz

Imprensa

Imprensa