São muitas as estratégias criadas pelas imobiliárias diante do atual cenário imposto pela pandemia de Covid-19. Atendimento diferenciado e inovações tecnológicas são, com certeza, ferramentas que vem ganhando cada vez mais protagonismo, possibilitando compras até 100% digitais com direito a visita online, tour virtual e até financiamento de crédito direto pelo site da empresa. Mas, e o corretor de imóveis, qual é o atual papel deste profissional em meio a tantas mudanças e por que é importante consultá-lo antes de fechar um negócio? Confira abaixo 5 razões para seguir consultando um bom corretor de imóveis:

Olhar aguçado
Acostumado a visitar, analisar e comercializar vários tipos de imóveis, o corretor sabe exatamente quais são os principais pontos de atenção na hora de comprar ou alugar. Além disso, ele conhece o valor médio de mercado de cada região e pode indicar se uma proposta está ou não adequada. A regra também se aplica a quem quer vender, já que o corretor saberá exatamente quais aspectos que devem ser destacados e qual o valor ideal para venda.

Corretor atualizado
Além de ser um profissional altamente qualificado, um bom corretor de imóveis está sempre atualizado com o mercado, e atento às novas tecnologias e ferramentas disponíveis. Desta forma, terá muito mais qualificação para auxiliar o comprador durante a aquisição do imóvel do início ao fim do processo. Na plataforma Kzas, que realiza os processos de compra e venda de imóveis 100% online, por exemplo, a curadoria do imóvel é realizada por corretores com mais de 15 anos de mercado. Esses profissionais avaliam todos os detalhes do imóvel, desde documentação, localização e estado físico até questões como trânsito no bairro, vizinhança e opções de comércio na região, antes de incluir o imóvel em questão na plataforma. A ideia é promover “kzamentos” entre imóveis e compradores.

Atendimento de excelência
O grande mérito de um corretor é ajudar compradores a encontrarem o imóvel de seus sonhos, e vendedores a encontrarem os compradores ideais. Para isso, é fundamental que se dediquem a conhecer não apenas o perfil do imóvel, mas também de seus clientes. Neste sentido a qualidade do atendimento é fundamental e a capacitação constante dos corretores faz toda a diferença. A Lopes, por exemplo, realizou recentemente um salão de imóveis online, no qual os corretores fizeram um atendimento exclusivamente digital para esclarecer dúvidas e apresentar cada um dos mais de 80 imóveis aos possíveis compradores. Além de terem participado de um treinamento para conhecer em detalhes cada imóvel, os corretores da empresa foram capacitados também para o atendimento digital, com utilização de ferramentas para conferência, tour virtual guiado e negociações digitais, com assinatura online de contratos.

Dicas de Ouro
Atualmente, o corretor de imóveis precisa estar, mais do que nunca, familiarizado às novas ferramentas e tecnologias, porém, uma regra não muda: ele continua possuindo as melhores dicas para quem quer comprar ou vender imóveis. Por sua ampla experiência no setor, um bom corretor sabe quais são as melhores práticas, caminhos e alternativas na hora de fechar negócio. É ele quem vai orientar o cliente para fazer uma transação segura e tranquila, garantindo que a aquisição ou venda do imóvel ocorra com transparência e o mínimo possível de burocracia. E isso vale tanto para a escolha quanto para a verificação de documentação e financiamento do imóvel.

Segurança na transação
Além de burocrático, para quem não é do setor, a compra ou venda de um imóvel pode gerar certa insegurança, já que envolve montantes altos e um comprometimento financeiro significativo. Existem muitos anúncios e propagandas, mas somente um corretor credenciado e a serviço de uma empresa idônea garante que a transação ocorra de forma segura e sem nenhum tipo de contratempo.

Previous post

Maratona Internacional de Manaus participa de elaboração de protocolo para o retorno das atividades esportivas no país

Next post

Triturador agroflorestal tem aumento de vida útil e fica mais leve com uso de aço de alta resistência

Imprensa

Imprensa