• A AbbVie apresenta no EHA mais de 30 resumos de trabalhos sobre suas terapias já aprovadas e outras em fase de pesquisa em Oncologia, entre seis tipos de tumor no sangue.
  • Os resumos dos trabalhos incluem:
  • Análise do estudo clínico CLL14 que avalia venetoclax em combinação com obinutuzumabe em pacientes com Leucemia Linfoide Crônica (LLC) sem tratamento prévio (abstract #S155)
  • Análise de acompanhamento estendido de subgrupo do estudo MURANO, de venetoclax em combinação com rituximabe em LLC recidivada/refratária (abstract #EP694)
  • Novos dados de vários estudos em combinações com venetoclax em pacientes com Leucemia Mieloide Aguda (LMA)
  • No Brasil, venetoclax está aprovado pela ANVISA para ambas indicações, LMA e LLC (1)

SÃO PAULO, 1º. De Junho de 2020 – A AbbVie (NYSE: ABBV), companhia biofarmacêutica baseada em pesquisa, anuncia a apresentação de dados de estudos clínicos que avaliam o inibidor de  BCL-2 venetoclax (VENCLEXTA®),  entre outros tratamentos, em múltiplos tipos de câncer no sangue, durante o  25o Congresso da Associação Europeia de Hematologia (EHA), que acontece online, de 11 a 21 de Junho de 2020. Esses dados abrangerão os medicamentos do portfólio de oncologia já aprovados para leucemia linfoide crônica (LLC), leucemia mieloide aguda (LMA), bem como aqueles em pesquisa para outros tipos de tumor no sangue.

“Estamos entusiasmados em compartilhar esses estudos com a comunidade oncológica global, pois refletem nosso compromisso contínuo em melhorar o atendimento aos pacientes com vários tipos de câncer no sangue difíceis de tratar”. afirmou o médico Neil Gallagher, Ph.D., diretor médico, vice-presidente de desenvolvimento da AbbVie.

Entre os resumos de trabalhos no EHA, os pesquisadores apresentarão dados com base nos resultados de fase 3 do estudo CLL14, que avaliou venetoclax em combinação com obinutuzumabe em pacientes com LLC sem tratamento prévio (abstract # S155). Esta combinação foi aprovada pela FDA (agência regulatória nos EUA) em maio de 2019, pela Anvisa (agência regulatória no Brasil) em janeiro de 2020 e pela Comissão Europeia em março de 2020, com base nos dados do estudo CLL14. 1

Também serão apresentados resumos de estudos de venetoclax em vários tipos de tumores, incluindo:

  • Dados de acompanhamento prolongado do estudo MURANO de Fase 3 em análises de subgrupos de venetoclax em combinação com rituximabe em LLC recidivada/refratária incluindo o impacto da descontinuação/interrupção prematura do venetoclax (abstracts# EP694 e # EP691 )
  • Atualização de seis meses do estudo de fase 3 VIALE-C de venetoclax em combinação com baixa dose de citarabina em pacientes idosos com LMA, sem tratamento  prévio. (abstract # S136)

Os resumos de trabalhospatrocinados pela AbbVie e aceitos pela EHA incluem:

Venetoclax em LMA
Long-Term Follow Up: Phase 1b/2 Study of Venetoclax Plus Low-Dose Cytarabine in Previously Untreated Older Adults with Acute Myeloid Leukemia Ineligible for Intensive Chemotherapy. Wei et al.; Abstract #EP554 E-Poster: Acute Myeloid Leukemia – Clinical
Timing of Response to Venetoclax Combination Treatment in Older Patients with Acute Myeloid Leukemia. Jonas et al.; Abstract #EP535 E-Poster: Acute Myeloid Leukemia – Clinical
Real-World Data (RWD) Cohort of Patients with Acute Myeloid Leukemia (AML) in the United States from an Electronic Health Record (EHR)–Derived De-Identified Database. Flahavan et al.; Abstract #EP600 E-Poster: Acute Myeloid Leukemia – Clinical
Transfusion Burden on Older Patients with Acute Myeloid Leukemia Receiving Low-Intensity Treatments. Le Blanc et al.; Abstract #EP1739 E-Poster: Quality of Life, Palliative & Supportive Care, Ethics and Health Economics
A Phase 3 Study of Venetoclax Plus Low-Dose Cytarabine in Previously Untreated Older Patients with Acute Myeloid Leukemia (VIALE-C): A 6-Month Update. Wei et al.; Abstract #S136 Apresentação Oral: AML Randomized Trials
Treatment Patterns and Outcomes of Newly Diagnosed Acute Myeloid Leukemia Patients Receiving Venetoclax Combinations Vs Other Therapies: Results from the AML Real World Evidence (ARC) Initiative. Talati et al. Abstract #PB1831 Somente publicacao do abstract Acute Myeloid Leukemia – Clinical
Venetoclax em LLC
Extrapolating Progression Free Survival Curves In CLL Using Peripheral Blood MRD Measurements From Venetoclax Trials. Alexiou et al.; Abstract #EP708 E-Poster: Chronic Lymphocytic Leukemia and Related Disorders – Clinical
Fixed-Duration Venetoclax-Obinutuzumab for Previously Untreated Chronic Lymphocytic Leukemia: Follow-Up of Efficacy and Safety Results from the Multicenter, Open-Label, Randomized, Phase 3 CLL14 Trial. Al-Sawaf et al.; Abstract #S155 Apresentação Oral: CLL – Targeted Therapy I
Characteristics and Outcome of Patients with Chronic Lymphocytic Leukaemia and Partial Response to Venetoclax-Obinutuzumab. Al-Sawaf et al.; Abstract #EP699 E-Poster: Chronic Lymphocytic Leukemia and Related Disorders – Clinical
Impact of Premature Venetoclax (VEN) Discontinuation/Interruption on Outcomes in Relapsed/ Refractory (R/R) Chronic Lymphocytic Leukemia (CLL): Results from the Phase 3 MURANO Study. Mato et al.; Abstract #EP691 E-Poster: Chronic Lymphocytic Leukemia And Related Disorders – Clinical
Extended Follow-Up in BIRC3- Mutated Relapsed/Refractory Chronic Lymphocytic Leukemia (R/R CLL) Patients Treated With Fixed-Duration Venetoclax Plus Rituximab: Subgroup Analyses of the MURANO Trial. Kater et al.; Abstract #EP694 E-Poster: Chronic Lymphocytic Leukemia And Related Disorders – Clinical
Systematic Literature Review and Network Meta-Analysis Comparing Therapies for Treatment-Naïve Patients with Chronic Lymphocytic Leukemia. Sail et al.; Abstract #EP725 E-Poster: Chronic Lymphocytic Leukemia And Related Disorders – Clinical
CLL2-GiVe, a Prospective, Open-Label, Multicenter Phase-2 Trial of Obinutuzumab (Ga101, G), Ibrutinib (I), Plus Venetoclax (Ve) in Untreated Patients with CLL With 17p Deletion / Tp53 Mutation. Huber et al.; Abstract #S157 Apresentação Oral: CLL – Targeted Therapy I
   

Sobre VENCLEXTA® (venetoclax) 

Venetoclax é o primeiro de uma nova classe de medicamentos que seletivamente inibe a proteína BCL-2. Em alguns tipos de câncer no sangue ou outros, a proteína BCL-2 impede a morte natural das células, ou seu processo de auto destruição, chamado de apoptose.

Venetoclax tem como alvo a proteína BCL-2 e age para restaurar o processo de apoptose. Venetoclax é um tratamento de uso oral e livre de quimioterapia.

Venetoclax está sendo desenvolvido pela AbbVie e Roche. É comercializado conjuntamente pela AbbVie e Genentech, uma empresa do grupo Roche, nos Estados unidos; e pela AbbVie fora dos Estados Unidos.  Juntas, as companhias têm o compromisso de pesquisar a proteína BCL-2 e estudar venetoclax em estudos clínicos para vários tipos de câncer.  Venetoclax está aprovado em 50 países, incluindo Brasil.

Sobre AbbVie em Oncologia

Na AbbVie, nos empenhamos para descobrir e desenvolver medicamentos que proporcionem melhoria transformadora no tratamento do câncer, combinando de forma única nosso profundo conhecimento em áreas fundamentais da biologia com tecnologias avançadas, e pelo trabalho conjunto com nossos parceiros – cientistas, especialistas clínicos, pares da indústria, grupos de apoio a pacientes e pacientes. Nós continuamos focados em gerar estes avanços transformadores no tratamento de alguns dos tipos mais complexos e agressivos de câncer. Com a aquisição da Pharmacyclics em 2015 e Stemcentrx em 2016, nossos esforços de pesquisa e desenvolvimento, incluindo por meio de colaborações, o atual portfólio da AbbVie consiste em medicamentos já em uso e novas moléculas em avaliação em todo o mundo, por meio de mais de 200 estudos clínicos e mais de 20 diferentes tipos de tumores. Para mais informações, acesse http://www.abbvie.com/oncology.

Sobre AbbVie  

 A missão da AbbVie é descobrir e fornecer medicamentos inovadores que solucionem desafios sérios de saúde de hoje e estejam prontos para os desafios médicos de amanhã. Nós nos empenhamos para causar um impacto notável na vida das pessoas em várias áreas terapêuticas-chave: Imunologia, Oncologia, Neurociência, Oftalmologia, Virologia, Saúde da Mulher e Gastroenterologia, além dos serviços e produtos da Allergan Aesthetics. Para mais informações, acesse www.abbvie.com  Siga @abbvie no Twitter,  Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn.

No Brasil, a AbbVie começou a operar no início de 2014. Suas unidades de negócios locais incluem imunologia, neonatologia, virologia, oncologia, oftalmologia, além dos serviços e produtos da Allergan Aesthetics. Entre suas diferentes áreas de atuação, conduz mais de 50 estudos clínicos em Imunologia, Oncologia e Virologia, em 23 cidades brasileiras, envolvendo mais de 200 equipes e centros de pesquisa brasileiros.   

Referência:

1 https://www.abbvie.com.br/content/dam/abbvie-dotcom/br/documents/VENCLEXTA-VP.pdf

SPMJ Comunicações

55 11 3289-2699 / 11 99118-9025

www.spmj.com.br

Previous post

Crônica de Antônio Prata vira HQ feita por alunos do Colégio Mary Ward

máscaras nas ruas em curitiba
Next post

Entrega Curitiba: Falta de uso de máscaras nas ruas pode dar multa em Curitiba

SPMJ Comunicação

SPMJ Comunicação

Especializados em mídia a SPMJ Comunicação é uma agência dinâmica, habilitada para diversos serviços de comunicação empresarial. Criada em 1986, a SPMJ nasce na efervescência de um novo contexto global: tecnologias midiáticas inovadoras começavam a surgir, a comunicação digital posicionava-se para derrubar as velhas fronteiras, prestes a tornar o movimento virtual o ritmo do cotidiano.

Durante esses 28 anos de história, nos quais novos modelos informacionais nunca cessaram de aparecer, a SPMJ acumulou experiência para transformar-se em guia privilegiado - e personalizado - no preparo de empresas, entidades e movimentos às especificidades dos novos tempos.

Em parceria com grandes agências espalhadas por todos os continentes, atendemos países e corporações de renome mundial nas áreas de aviação, tecnologia, indústria naval e petrolífera, ciência e saúde, educação, cultura e entretenimento, turismo, comportamento, consumo e finanças. A diversidade de segmentos compreendidos em nosso escopo de atuação não apenas atesta o caráter singular da empresa, como, também, demonstra preparo e estímulo para sempre aceitar novos desafios. Para onde o futuro apontar, a SPMJ Comunicação seguirá o mesmo caminho.