Até o dia 06 de janeiro, público pode apreciar dez esculturas de tamanho natural do bom velhinho que estão espalhadas pela via; será possível conferir a singularidade de cada um, com referências do urbano, da periferia e até da fauna brasileira

Neste ano, a Avenida Paulista completou os seus 129 anos e ganhou dois presentes da Associação Paulista Viva (APV). O primeiro deles foi uma pesquisa realizada em parceria com a FIPE, que apontou que a Paulista é a personificação da diversidade: do Paraíso à Consolação é possível encontrar os mais variados tipos de estabelecimentos, pessoas e sentimentos. E o segundo, uma decoração natalina que há anos não se fazia na via, com patrocínio da Bauducco e apoio da Prefeitura Municipal de São Paulo, que contempla toda essa diversidade com dez papais noéis estilizados por artistas plásticos, representados em diferentes situações (de pé, deitado, sentado) em vários pontos da Avenida, sob a curadoria do designer gráfico e ilustrador Elifas Andreato.

“Queríamos dar espaço aos artistas de rua e cada um deles teve total liberdade para fazer sua interpretação deste evento e arranjo visual”, explica Andreato. Para ele, o retorno do Natal à Paulista representa um momento de celebração. “A avenida é um dos cartões postais de São Paulo e esta intervenção artística é mais um passo importante rumo ao trabalho das comemorações dos 130 anos da via”, explica.

À frente de cada Papai Noel foi instalado um totem de identificação de cada obra e, por meio de QR Code, o público tem acesso a vídeos gravados por cada autor, mostrando o “making off” de seu trabalho, com depoimento da motivação e o porquê de ter customizado o Papai Noel daquela forma (como escolha de cores, de texturas), assim como o link do site da Bauducco.

O artista visual Trompaz já realiza um projeto próprio intitulado de “Segregação Social Geograficamente Escancarada”, que traz as diferenças entre classes sociais utilizando as cores preto e branco como suporte. Foi toda essa experiência que fez com que o artista pegasse elementos de seu trabalho e colocasse em seu Papai Noel para representar a desigualdade no Brasil.

A inspiração não vem apenas de projetos pessoais, mas também de grandes pintores consagrados. Carola Trimano decidiu colocar o rosto do expressionista Vicent Van Gogh em seu Papai Noel. A artista optou pelo pintor já que ele era ruivo e iria combinar com as cores avermelhadas do Natal. Carola também optou por fazer xilogravuras e colocar algumas bananas para fazer uma homenagem à tropicalidade brasileira.

Abordando mais um tópico dessa diversidade, Cassiano Reis decidiu transformar o símbolo natalino em um morador de rua. “A ideia foi pegar coisas que são do lixo e transformar ele em um mendigo, um morador de rua, porque é uma representação que a gente não vê em um Papai Noel”.  Ele decidiu fugir da visão eurocêntrica da caracterização do bom velhinho e construiu uma outra lógica para a figura. “Para quem será que ele vai dar os presentes? Quem vai ser o menino mau?”, disse Cassiano.

O Coletivo Golden Leaf, formado por Yan Pedro e Lorenzo Leon, também marcou presença na exposição. Os skatistas, músicos e artistas decidiram trazer as suas próprias referências para a arte. Utilizaram-se dos elementos do grafite para caracterizar o Papai Noel.”Da rua, para rua”, disse Yan, que buscou a real cara da rua paulistana.

Além do expressionismo, a pop art também teve a sua participação na decoração da Avenida. O artista Neno Ramos, pertencente ao estilo, trouxe um elemento a mais ao seu Noel. Decidiu colocar um grande coração com várias cores nas mãos do ícone natalino, representando o amor. “Todas as cores são de amor e todas as cores e vidas são importantes“, disse Ramos. Para dar um toque de sentimentalismo, ele utilizou emojis para representar sentimentos como felicidade, amor, dinheiro e paz.

Everton Fonseca colocou um acessório em sua obra que passou a fazer parte da rotina de todos esse ano. Em alusão ao momento atual e ao contexto pandêmico, o Papai Noel do artista usa máscara, mas a mensagem final é de esperança. Everton tem o objetivo de trazer uma consciência de melhora e de um mundo melhor que virá.

Bonga Mac, artista plástico, educador de arte e co-autor do livro “Tinka Loka Street Book”, desde sempre teve o hip hop como uma grande influência para a sua arte. Ele decidiu mesclar todas as suas referências do urbano e da periferia com as figurações natalinas ao criar a sua escultura.

A Avenida Paulista é um grande centro financeiro e comercial, diariamente milhares de pessoas circulam por seus quarteirões. Com o isolamento social, a maioria das pessoas passaram a trabalhar em home office, e esse foi o conceito utilizado por Cristiane Gardin. Sentado e com cores bem vivas, muitas pessoas irão se sentir representadas com o bom velhinho.

E a diversidade foi tão grande que até a fauna brasileira foi abordada. Walkiria Barone é uma artista plástica com uma série de pinturas intitulada “Bichos do Brasil”, e decidiu colocá-los em seu bom velhinho. Ao longo do corpo da escultura podemos encontrar um quati, um lobo-guará, um tamanduá-bandeira, uma onça-pintada, um tucano-toco, uma capivara, entre outros bichinhos que são a cara do país.

Com o título de “nesse Natal vai faltar um parente”, Prozak faz o seu Papai Noel em uma homenagem às vítimas de violência de 2020. Todo coberto de linhas horizontais em cores quentes, é possível perceber a intenção do artista. “É um tributo, inclusive, para um amigo meu que foi recentemente assassinado. Foi algo que abalou muito. Percebi que muita gente morre de graça e resolvi fazer uma homenagem não só ao meu amigo, mas para todas as vítimas que morreram de forma violenta e que vão estar fazendo falta nesse Natal”, diz Prozak.

Natal na Paulista – A Avenida mais querida do país volta a ganhar decoração natalina após 12 anos sem festejo oficial na via com o “Natal Bauducco na Paulista”, organizado pela Associação Paulista Viva (APV), com patrocínio da Bauducco e apoio da Prefeitura Municipal de São Paulo, que poderá ser apreciado, a pé ou de carro, até o dia 06/01/21. Além da exposição dos Papais Noéis, a decoração inclui uma árvore de natal de 10m, a iluminação com led das árvores junto às grades do parque.

“A Bauducco está presente nos lares das famílias há mais de seis décadas e como a maior fabricante de Panettones do mundo, queremos proporcionar uma experiência especial na data. Somos a marca líder em vendas de panettone e não poderíamos ficar de fora deste momento tão especial para São Paulo. Com a parceria, celebramos o Natal na Avenida ícone da cidade e partilhamos um momento especial para muitas pessoas, que serão presenteadas com a decoração”, afirma Juliana Corá, Grouper de Marketing da Bauducco. 

A grande árvore de Natal com 10 metros de altura, iluminada, está instalada na Praça dos Ciclistas, na esquina da Av. Paulista com a Rua da Consolação. Ela possui estrutura metálica em aço carbono mecânico e solda MIG e receberá laços em tecido aveludado vermelho, 1.000 bolas douradas e vermelhas e iluminação com pontos de LED.

Considerada o símbolo de São Paulo, a Avenida Paulista é um dos pontos mais badalados da cidade. Reúne comércio, cultura, empresas, hotelaria, gastronomia, e é conhecida também como o “centro financeiro” do município, por onde circulam diariamente 1,2 milhão de pessoas. Em 2020, o Natal na via acaba sendo ainda mais importante tendo em vista as dificuldades ocasionadas pela pandemia e todos os eventos que nela aconteciam foram cancelados, como a Parada LGBT, a Corrida de São Silvestre e a festa de Réveillon.

“Nosso projeto propõe a organização de um cenário contemplativo e participativo para a população, promovendo a alegria e a animação num momento tão difícil como o que estamos vivendo. Voltar a ser protagonista de uma celebração importante como o Natal, com tanto significado emocional, é para nós uma grande alegria”, afirma o presidente da APV, Lívio Giosa. “Este é o nosso presente de natal para todos os paulistanos e visitantes que circulam diariamente pela via e também uma das ações para celebrar os 129 anos da Avenida (08 de dezembro) e os 24 anos da APV”.

Previous post

Associação Paulista Viva dá início a leilão de Papais Noéis em exposição na Avenida Paulista

Next post

Ação solidária entrega cestas natalinas a moradores do bairro Novo Amparo

Communica Brasil

Communica Brasil

Fundada com o objetivo de oferecer ao mercado uma empresa criativa, eficiente e inovadora de comunicação integrada e de relações públicas, atende a clientes das mais diversificadas áreas de atuação por meio de projetos concebidos sob medida e executados com determinação a fim de conquistar resultados diretos para o negócio do cliente. Para algumas empresas, somos uma extensão do departamento de marketing e, para outras, executamos projetos pontuais. Não importa o serviço necessário, contamos com uma equipe competente, de variados segmentos da comunicação, para oferecemos soluções completas e com um alto nível de desempenho em nosso campo de atuação, sempre comprometidos com a qualidade, eficiência e resultados.