Rafael Cury deu grandes contribuições à Ufologia como pesquisador e divulgador

O ufólogo, pensador e ativista Rafael Cury faleceu na noite de 27 de janeiro de 2021, aos 57 anos. Ao longo de sua vida ele fez grandes contribuições à Ufologia como pesquisador e divulgador, realizando mais de 100 eventos, promovendo dezenas de congressos e debates, entre eles o evento Diálogo com o Universo realizado há mais de 20 anos. Foi editor de obras de autores como Erick Bom Daniken e outros. Também foi fundador do Instituto Galileo Galilei (IGG), presidente da Associação Nacional dos Ufólogos do Brasil (ANUB) e membro fundador da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU), que conquistou a abertura ufológica no país, culminando na visita dos membros da comissão ao Cindacta e ao Comdabra em 2005. Recebeu mais de 20 homenagens pelos trabalhos em prol do movimento científico espiritualista, entre eles o prêmio da cidade de Curitiba. Atuou também como editor da revista Consciência Política.

Contribuiu para a cultura da paz no Brasil. Está indo a plenário no Senado o projeto Setembro da Paz. Projeto do Rafael que foi abraçado pelo Flávio Arns. Em consonância com que a ONU preconiza, que visa promover a cultura da paz como caminho para ampliar a cidadania em nosso país a partir da educação, formação política, meio ambiente e busca de relações humanas igualitárias.

A UNINTER tem um grande orgulho de ter sido parceira em tempo integral, apoiando e patrocinando. Participando lado a lado com Rafael Cury em suas atividades para um mundo igualitário, pacífico e solidário.

Previous post

Day Use no Terras Altas: aproveite as atrações sem precisar se hospedar

Next post

Cinema, museu, teatro e espaços culturais do Shopping Estação voltam a funcionar

Página 1 Comunicação

Página 1 Comunicação