Não tem como escapar do digital, ainda mais com o Coronavírus e o distanciamento social que, sim, ajudou a melhorar esta situação do ponto de vista da comunicação empresarial. Vender no digital passou a ser obrigatório, mas se a empresa não possui um Brand Positioning bem feito? Só mudar para o digital ajuda? Nada disso…

“A pandemia fez esse filtro, de fato acelerou o processo que já havia começado antes. As empresas que sofrem mais é que não se prepararam e estão correndo para se adequar ao novo modelo. É  absolutamente impensável e inconcebível, em 2021, não estar no mundo da internet, pois o marketing digital é o mesmo marketing tradicional, mas através de outros meios” alerta  Gerardo  Arancioni, da Affare Fatto e da Pareto Package, o maior especialista de Brand Positioning na América Latina.

O marketing digital permite empresas de qualquer porte usar meios de comunicação com extrema facilidade, em termos de custo – o que antes não existia –  mas sem posicionamento da marca, de nada adianta esta mudança:

“Se eu falo que algo que não me diferencia, estou me igualando à concorrência, tornando qualquer forma de marketing nulo. Para piorar esta situação, todos falam com facilidade na web, portanto a concorrência é muito maior do que antes”

Vendas em jogo
Existem alguns negócios que, por um motivo ou outro, estão absolutamente conectados à forma digital e as compras acontecem neste ambiente. Quando um produto possui venda mais complexa, consultiva, com valor agregado muito alto, o marketing digital precisa captar o online e trazer para o offline. Gerardo explica que o offline não é apenas uma loja física, mas pode ser também o telefone.

“Quando se faz uma videoconferência, estou transportando um contato pessoal oriundo do marketing digital para um plano físico de certa maneira, não é a venda através de robôs ou sistemas”.

E o posicionamento?
Se a empresa não possui um Brand Positioning bem definido e apenas foi para o digital, o que acontece na prática é a transposição desta falta de posicionamento. Todos os problemas de identidade e de diferencial apenas migraram para a web:

“A forma que se toma a decisão de compra é a mesma de antes. As empresas precisam ter uma ideia distintiva para que esta comunicação digital seja interessante. Sem um posicionamento correto de marca, qualquer forma de marketing online perde eficiência. Será mais um fazendo barulho na internet vendendo  o mesmo que a concorrência” completa Gerardo.

Previous post

OMO Lavanderia, Recco, Vivara e outras 11 novas marcas chegam ao Shopping Curitiba

Next post

Shopping comemora 30 anos e presenteia clientes com R$ 150 mil em sorteios diários

Kakoi Comunicação

Kakoi Comunicação

A Kakoi Comunicação é uma empresa nova que nasce com o objetivo de proporcionar aos clientes os melhores resultados com ações simples, porém focadas em nosso compromisso de abranger qualidade X resultado.

Na Kakoi a necessidade do cliente é uma necessidade nossa. Contamos com equipe especializada em diferentes áreas para garantir a pluralidade dos projetos abrangendo a maior frente possível de comunicação.