A nova força de trabalho é formada por pessoas nascidas a partir de 1995, a chamada geração Z. Essa geração está se tornando o maior grupo populacional do mundo conforme a Organização das Nações Unidas (ONU), que já apontou os “Zs” como 31,5% da população em 2019.

Essa geração ficou em evidência nos últimos dias pelo termo cringe, que eles mesmos criaram para definir como ultrapassados alguns costumes da geração anterior, os millenials. Tomar café e assistir seriados do estilo Friends, pagar boletos fazem parte da lista dos “zs”. Por trás deste conflito de gerações, temos uma nova safra que nasceu na linguagem tecnológica, conectada ao universo das redes sociais e aplicativo, com uma série de mensagens abreviadas, abusando de gírias novas e figuras para conversar.

“O interessante desta geração para o mercado de trabalho é a forma espontânea de comunicação e a capacidade rápida de reter informações. Pela agilidade forjada pelas redes sociais, a geração Z encontra soluções práticas para desafios que outras gerações precisaram de mais tempo para resolver” explica Eliane Catalano, Coordenadora de Recrutamento e Seleção da RH NOSSA

O que eles trazem para o seu negócio?Considerando que a pandemia acelerou a tecnologia em todos os setores, um colaborador desta geração estará mais familiarizado com  o que está acontecendo, mas tem que ficar atento:

“Essa geração pensa rápido, é bem agitada. Mas podem ter alguma dificuldade para lidar com a hierarquia verticalizada, para cumprir horário fixo ou manter uma rotina de trabalho que não seja desafiadora. Quando esses detalhes são bem resolvidos logo na entrevista de emprego, o que temos é um profissional que realiza diversas tarefas ao mesmo tempo, consegue lidar bem com situações imprevistas e encaram as dificuldades como um desafio de apresentar soluções”.

A geração Z, geralmente, é visionária e procura oportunidades que permitam o trabalho à sua maneira. Uma vantagem é que estão sempre antenados com o mundo, são bem ativos em equipes de trabalho com ideias e soluções.

Como eles se comportam no mercado de trabalho
Toda interação tecnológica é natural para uma geração Z, que nasceu e cresceu ambientada e emoldurada por uma cultura totalmente online. A conectividade está presente 24h por dia e eles nunca se sentem cansados por isso.

As pessoas que nasceram na época Z tendem a investir em um empreendimento próprio, por serem visionários e desejarem trabalhar à sua maneira. Como estão sempre em movimento, antenados aos acontecimentos, participam ativamente dos grupos de trabalho oferecendo ideias e dinamismo:

“Eles vivem no YouTube, buscando canais que trazem tutoriais ou informações relevantes sobre qualquer assunto. Eles estão aprendendo constantemente e não perdem o foco quando há algum desafio. Ter pessoas da geração Z em seu negócio é contar com um profissional multitarefa que busca a reposta correta para qualquer problema” completa Catalano.

Previous post

Shopping disponibiliza loja vazia para Campanha do Agasalho

Next post

Gazin inicia campanha de doações para a Apae

Kakoi Comunicação

Kakoi Comunicação

A Kakoi Comunicação é uma empresa nova que nasce com o objetivo de proporcionar aos clientes os melhores resultados com ações simples, porém focadas em nosso compromisso de abranger qualidade X resultado.

Na Kakoi a necessidade do cliente é uma necessidade nossa. Contamos com equipe especializada em diferentes áreas para garantir a pluralidade dos projetos abrangendo a maior frente possível de comunicação.