Abstract Champagne Glasses in a restaurant

champagne, com a letra C minúscula, é o vinho espumante elaborado na famosa região francesa de Champagne (com C maiúsculo). Uma bebida elegante presente em festas e cerimonias tem o seu dia comemorado nesta quinta-feira, 28 de outubro, o dia mundial do champagne.

“Aniversários, datas especiais e festas de fim de ano sempre pedem champagne, um vinho que passa por duas fermentações sendo que a segunda deve ocorrer na garrafa (que é o método Champenoise) com a bebida ficando, no mínimo, 15 meses em garrafa antes de ser comercializado” explica Ricardo Gura, sócio proprietário da VinVino, e-commerce de vinhos para todo o Brasil.

Gura explica que existem garrafas que ficam, no mínimo, 36 meses. Quanto mais tempo, mais complexidade aromática, grande cremosidade e borbulhas mais numerosas e delicadas e bebida terá.

Champagne Day
Só se pode chamar champanhe os espumantes produzidos na região demarcada de Champagne, na França. Por isso que o Dia Mundial do Champagne foi criado. O Champagne Day nasceu nos Estados Unidos pelo blogueiro americano Chris Oggenfuss, que quis homenagear o vinho dos reis, no dia 23 de outubro, mas o dia Mundial do Champagne acabou definido pelo Gabinete de Comunicação de Champagne, da França, no dia 28 de outubro.

Nome é exclusivo
Em nosso país, ficou comum escrever o termo champanhe para todos os vinhos que venham desta região. Em 1927, Champagne ganhou o título de AOC – Appellation d’Origine Contrôlée (Denominação de Origem Controlada), ou seja, apenas as garrafas feitas de uvas Pinot Noir, Pinot Meunier e Chardonnay, cultivadas dentro desta região delimitada e respeitando rigorosos métodos de produção, é que tem o direito de usar esta nomenclatura: champagne. 

Para comemorar o dia, a VinVIno trouxe quatro novidades: Champagne Mandois Blanc de Noirs (Pinot Noir), Champagne Mandois Blanc de Blancs Premier Cru  (Chardonnay), Champagne Mandois Brut Origine (Chardonnay, Pinot Meunier e Pinot) e Champagne Mandois Rosé Grande Réserve (Chardonnay, Pinot Meunier e Pinot):

“São garrafas premiadas. O Rosé Grande Réserve, por exemplo, é elaborado com as uvas Pinot Noir (60%), Chardonnay (30) e Pinot Meunier (10%) provenientes da Côtes de Blancs, Côte d’Epernay, Côte de Sézanne e Côte des Bar, de vinhedos com aproximadamente 30 anos. Uma parte do vinho (10%) fermenta em barrica. Amadurece por 3 anos em contato com as borras nas caves subterrâneas da Maison, construídas no século XVIII”. Os demais vinho seguem a mesma tradição”

 Peça agora seu Champagne na VinVino!

Previous post

Circuito das Águas Paulista é destino ideal para feriados de novembro

Next post

Diversão nas férias de verão: Praia Bonita Resort tem excelente equipe de lazer

Kakoi Comunicação

Kakoi Comunicação

A Kakoi Comunicação é uma empresa nova que nasce com o objetivo de proporcionar aos clientes os melhores resultados com ações simples, porém focadas em nosso compromisso de abranger qualidade X resultado.

Na Kakoi a necessidade do cliente é uma necessidade nossa. Contamos com equipe especializada em diferentes áreas para garantir a pluralidade dos projetos abrangendo a maior frente possível de comunicação.