Na mesma rua, mas em casas diferentes. Essa seria a melhor forma para diferenciar logística e supply chain, duas soluções que utilizam conceitos parecidos e despertam dúvidas sobre o que cada uma faz.

A logística, palavra adaptada do termo francês “logistique”, engloba contabilidade e organização para planejar e realizar qualquer projeto de estoque, manutenção e distribuição de materiais como alimentos, roupas, remédios ou qualquer outro produto. A popularização da logística aconteceu ainda na década de 70, no momento em que as empresas descobriram que a prática auxiliava estoque e distribuição de produtos e matéria-prima para seus negócios.

O supply chain, que em tradução livre, é a ‘cadeia de suprimentos’ e adota outra aplicação envolvendo todas as etapas da criação de um produto – desde a compra de matéria-prima, a sua produção, o estoque e a distribuição nos pontos de vendas. A ideia é garantir integração total entre todas as etapas.

São setores diferentes, portanto com metodologias próprias. É um equívoco pensar que estas duas etapas, logística e supply chain, são parte do mesmo processo: “Temos uma estrutura integrada, interligada e ramificada, com muitos processos complexos de um lado enquanto do outro, na logística tradicional, a abordagem é mais direta, bem específica, envolvendo desde o armazenamento até o transporte do produto acabado para os consumidores” explica Renato Pádua, Gerente Comercial da CWBem.

Diferenciando os processos
Quem administra a logística de uma empresa, com equipes internas ou com soluções terceirizadas, cuidará da integração dos processos internos para armazenagem, gestão de estoque, transporte de entrada e saída de material, logística reversa e, consequente, redução de custos.

Já a equipe responsável pelo supply chain, precisa coordenar todos os fluxos internos e externos. Precisa lidar com fornecedores, distribuidores, aquisição, compras, planejamento de demanda, integração com ERP e até suporte ao consumidor final.

É possível unificar supply chain e logística?
Muitas empresas adotam a unificação destas duas cadeias para obter resultados melhores ao aproveitar a mesma estrutura da empresa, porém Renato lembra que a organização precisa ser rigorosa:

“Para evitar equívocos no fluxo de trabalho, a recomendação é buscar soluções terceirizadas e garantir o processamento de pedidos e manter a gestão de informações, estoques, distribuição e transporte planejadas.

Previous post

Aurora Shopping tem diversão para crianças e pets

Next post

Multinacional abre 220 vagas de operador de produção em Lucas do Rio Verde

Kakoi Comunicação

Kakoi Comunicação

A Kakoi Comunicação é uma empresa nova que nasce com o objetivo de proporcionar aos clientes os melhores resultados com ações simples, porém focadas em nosso compromisso de abranger qualidade X resultado.

Na Kakoi a necessidade do cliente é uma necessidade nossa. Contamos com equipe especializada em diferentes áreas para garantir a pluralidade dos projetos abrangendo a maior frente possível de comunicação.