Qual o ativo mais valioso de uma empresa? Se você respondeu “tempo”, está certo! São apenas 24 horas diárias que, diferente de recursos financeiros, de trabalhadores ou de estrutura, não tem como aumentar. Calcule o pânico de um gestor que precisa tomar decisões importantes em um único dia, mas precisa parar tudo para resolver um problema de última hora no departamento de RH?

O tempo passa a ser um problema para o gestor que não consegue focar em todas as frentes ao mesmo tempo, seja na administração total do negócio ou em suas principais atividades, como atender e solucionar os problemas e necessidades de clientes. As ações paralelas, que também são importantes e tem sua parcela de urgência, desviam a atenção das atividades relacionadas diretamente às atividades principais da empresa.

Literalmente ganhando tempo
Como lidar com o escasso tempo para estas atividades, que englobam contas a pagar, contas a receber, contratação de mão de obra, logística, atendimento ao cliente, faturamento e cobrança? A resposta está na terceirização.

“A empresa pode até tentar aparar as arestas de um negócio sem ajuda profissional, mas apenas a terceirização garante que estas etapas sejam otimizadas no tempo consumido e na energia aplicada em cada ação periférica – as que não fazem parte da atividade principal” explica Renato Pádua, Gerente Comercial da CWBem.

Tempo das empresas não pode ser desperdiçado
Quando uma empresa contrata serviços de backoffice, está comprando tempo extra, uma demanda gerida nos bastidores deixando a empresa liberada para se preocupar exclusivamente com a linha de frente.

Quando a terceirização é vantajosa
– Empresas estão iniciando suas atividades ou se re-estruturando, portanto, ainda não contam com um time próprio para realização das atividades administrativas;
– Setores que podem ser terceirizados por motivos de redução de custo ou para facilitar a gestão interna ou;
– Empresas que necessitam de mão de obra especializada e experiente sempre à disposição.

“É interessante analisar as atividades de backoffice não apenas complementam aos serviços de administração, mas também como ponto de partida para todas as informações geradas à gestão. O backoffice se reporta à contabilidade, por exemplo, listando os pagamentos efetuados, notas fiscais emitidas, identificação de recebimentos, prestação de contas e afins. É a simplificação das tarefas do dia a dia” enfatiza Renato.

Previous post

Arma em escola reacende discussão sobre segurança nas escolas

Next post

“Criança no Museu”: Viação Garcia abre projeto também para escolas particulares

Kakoi Comunicação

Kakoi Comunicação

A Kakoi Comunicação é uma empresa nova que nasce com o objetivo de proporcionar aos clientes os melhores resultados com ações simples, porém focadas em nosso compromisso de abranger qualidade X resultado.

Na Kakoi a necessidade do cliente é uma necessidade nossa. Contamos com equipe especializada em diferentes áreas para garantir a pluralidade dos projetos abrangendo a maior frente possível de comunicação.