31 out 2018

Filosofar é aprender a morrer para saber viver

A reflexão sobre a morte não é tarefa das mais simples, muitas vezes evitada por causa dos pensamentos e sentimentos que suscita. Saber que vai morrer escancara para o ser humano a consciência de sua finitude. Para alguns, isso é motivo de reflexão, para outros, de temor e desespero. A dificuldade de abordar o tema – no cotidiano, na Ciência, Filosofia e até mesmo na Teologia – se dá porque a morte pode ser pensada e observada, mas não experimentada por meio de repetição. E a experiência, desde Aristóteles, é considerada fundamental para produção de conhecimento. Contudo, o ato de refletir sobre a morte pode ser visto como uma das

0