21 maio 2018

Foi chamado para fazer um Freela? Você vai precisar declarar este rendimento para o Fisco também

O mercado de trabalho já aceitou a figura do freelancer – ou freela, como é popularmente conhecido. Pois saiba que esta modalidade que une profissionais liberais e empresas para projetos específicos (chamado no meio de “job”) possui um braço contábil por trás. Em outras palavras: quem faz freela precisa declarar esses rendimentos de formas específicas para o Imposto de Renda.   Essa busca pela profissionalização está reduzindo trabalhos realizados na informalidade já que as dificuldades vem crescendo com um maior cerco da Receita Federal e até mesmo dos próprios clientes, que optam por quem pode dar mais confiança no serviço ou no produto. Marcos Rodrigues, CEO do Contabfácil, ferramenta online

0
15 fev 2018

REFIS cancelado! O que o micro e pequeno empresário podem fazer?

No dia 08 de janeiro saiu no Diário Oficial da União (DOU) a formalização do veto integral do presidente Michel Temer ao projeto de lei para o Refis da Pequena Empresa, criado para o parcelamento de débitos tributários das microempresas e empresas de pequeno porte. A justificativa por parte do Governo Federal é que esta medida acaba ferindo a Lei de Responsabilidade Fiscal pois não prevê a origem dos recursos que cobririam todos os descontos aplicados às multas e juros com o parcelamento do que estas empresas estão devendo. Para Marcos Rodrigues,  CEO do Contabfácil, ferramenta online que trata de toda a contabilidade de empresas do Simples Nacional, Profissionais Liberais

0
11 dez 2017

Na reta final do ano é hora de deixar a contabilidade em dia para 2018!

Algumas empresas podem se perder um pouco na sua gestão contábil ao longo do ano. É a história de esquecer de lançar algum valor corretamente ou até pior: emitir nota de maneira equivocada! É aí então que começam os problemas dentro da contabilidade que podem virar uma bola de neve se não forem sanadas urgentemente. Mas é Natal, época de festas de fim de ano! Momento adequado para renovar votos e planejar um ano novo melhor também na vida empresarial. Que tal começar 2018 com a contabilidade em dia? Para Marcos Rodrigues, presidente do Contabfácil ferramenta online que trata de toda a contabilidade de empresas do Simples Nacional, Profissionais Liberais

0
05 dez 2017

SEBRAE cobra incentivo para micro empresários bons pagadores

Se até então apenas os devedores tinham regalias, o cenário vai mudar. Acontece que o presidente do SEBRAE nacional, Guilherme Afif Domingos, pediu e o presidente Michel Temer aprovou a criação de melhorias para Microempreendedores e Pequenas Empresas: a criação do Cadastro Positivo das Micro e Pequenas Empresas.  A ideia toda é premiar todos os empresários que pagam em dia as suas obrigações e equilibrar as contas com o Programa Especial de Regularização Tributária (o novo Refis) aprovado pela Câmara dos Deputados. O Refis – ou Programa Especial de Regularização Tributária (Pert) – já se encerrou mas possibilitou diversas empresas do Simples Nacional parcelarem os débitos provenientes de diversas origens:

0
21 ago 2017

MEI, Simples Nacional, Lucro Presumido: Entenda de uma vez o que significam todas essas siglas

Ao iniciar um novo negócio, grande parte dos novos empresários têm dificuldade em decidir como abrir a empresa já que sempre existem diversas opções. O mais importante é saber escolher a que seja mais adequada – e essa decisão pode trazer grandes economias em impostos. Para ajudar neste processo Marcos Rodrigues, presidente do Contabfácil  ferramenta online que trata de toda a contabilidade de empresas do Simples Nacional, Profissionais Liberais e MEIs listou quais são as principais diferenças entre o MEI, o Simples Nacional e o Lucro Presumido. MEI – Micro empreendedor individual. O MEI foi criado para ser a opção mais simples e mais barata para se ter uma empresa

0
19 abr 2017

Cuidado: Médicos em falta com o fisco podem ter multa de 20%

Não dá para deixar de efetuar o pagamento de impostos,  uma obrigação com alto grau de importância que deve ser encarada de maneira séria e organizada por parte de todos os médicos. Deixar de pagar ou não declarar um imposto seguramente trará consequências nada agradáveis. A punição para médicos que não tenham a contabilidade em dia é pesada:  multa de até 20% mais SELIC nos pagamentos de impostos que deveriam ter sido feitos.   Marcos Rodrigues, presidente do Contabfácil, ferramenta online que trata de toda a contabilidade de empresas do Simples Nacional, Profissionais Liberais e MEIs, explica que também é possível declarar anualmente, porém esta prática acaba não sendo vantajosa

0