10 out 2016

Problemas mais comuns enfrentados por quem assume uma empresa familiar

A  carga de desafios que o sucessor enfrenta tão logo assuma uma empresa familiar é extremamente volumosa.  Alguns são mais estratégicos, outros mais operacionais, mas todos são igualmente importantes necessitando tomadas de posicionamento e de decisões que irão afetar, de uma maneira ou de outra, os rumos da companhia. Este processo de tomada de decisão aflige todos os gestores principalmente quando uma há um novo líder que recém assumiu esta função. Eduardo Valério,  diretor-presidente da JValério, especializada em empresas familiares, explica que nos casos em que uma pessoa teve que assumir o comando de uma maneira inesperada a maior dificuldade é fazer um processo de decisão consistente: “Muitas decisões sendo

0
03 out 2016

Por onde começar a busca pelo sucessor em uma empresa familiar

O processo sucessório precisa ser feito paulatina e estruturadamente. Quando a empresa familiar realiza o mapeamento inicial dos futuros líderes familiares desde cedo ela já começa a fazer o processo de sucessão – e esse é apenas o primeiro passo de vários níveis e alinhamentos conceituais. Eduardo Valério, diretor–presidente da JValério, especializada em empresas familiares, explica que não há uma estatística consolidada ainda aqui no Brasil sobre o tempo em que estas empresas, sobretudo de  médio porte, levam com relação ao processo sucessório. Todavia o que o especialista percebe é que os processos sucessórios estão tendo uma duração inferior a sete anos, com alguns casos pontuais em que a sucessão

0
19 set 2016

Processo de sucessão deve ser constante e com desafios

Quando o assunto é transição na empresa familiar a melhor maneira para saber se o novo líder está de fato preparado para assumir a presidência é criar desafios para este candidato. A empresa precisa de uma nova liderança e esses desafios precisam ser colocados quando o candidato ao posto ainda não tenha assumido todo o processo. Neste momento surge um grande problema: A empresa precisa de um novo presidente e não pode parar as suas atividades enquanto o novo postulante ao cargo se integra ao cotidiano da companhia. O que fazer então? Eduardo Valério, diretor-presidente da JValério, especializada em empresas familiares, explica que no Brasil existem empresas que adotaram um

0
31 mar 2016

O (importante) papel dos fundadores na sucessão da empresa familiar

Muito mais do que uma empresa nos moldes tradicionais, uma empresa familiar tem algo que a diferencia: a necessidade de realizar a sucessão com herdeiros.  Eduardo Valério, diretor-presidente da JValério, especializada em empresas familiares, explica que a característica principal de uma empresa familiar na primeira geração (sem sucessão) é ser uma empresa jovem em que o fundador ainda está no comando e não constituiu ainda o seu conselho de administração e ele está fazendo o papel de principal gestor e até de conselheiro da empresa. “Por ser uma empresa cujo sistema de controle ainda está, de certa forma, muito na pessoa do fundador, ela deve ter a atenção cada vez

0
18 fev 2016

Pais e filhos na gestão: conflitos e sucesso em empresas familiares

A luta para manter o padrão de excelência dentro de uma empresa familiar é diária. Entra semana, sai semana, e a construção da história empresarial segue com seus desafios que envolvem questões de gestão, de possíveis conflitos entre familiares, o desafio de manter a inovação frente ao seu concorrente e de manter a qualidade dos produtos ou serviços frente ao grande público. Os desafios se somam ainda mais quando temos na gestão pais e filhos. Para Eduardo Valério,  diretor-presidente da JValério, especializada em empresas familiares, a manutenção do sucesso envolve vários fatores, como a comunicação entre pais e filhos – que permite que as pessoas possam coordenar, prevenir e resolver

0
11 jan 2016

Passo a passo para identificar o sucessor da empresa familiar

Todas as pessoas possuem, de alguma modo, um dom. Alguma coisa que ela saiba fazer muito bem e que vai ser o diferencial quando começar a sua vida laboral. Agora, quando este talento é descoberto e trabalhado prematuramente, as chances da pessoa se tornar um excelente profissional são enormes    Levando este conceito para as empresas familiares encontramos nos herdeiros a grande válvula para a continuidade dos negócios da família. Eduardo  Valério, diretor-presidente da JValério, especializada em empresas familiares, entende que o herdeiro para se tornar um sucessor na gestão precisa  primeiro conhecer quais são os desafios que a empresa tem para os próximos anos. Primeiro passo: Planejamento Estratégico “Estes

0
16 set 2015

Os herdeiros querem a sucessão da empresa?

Na matemática empresarial, todos os herdeiros deveriam possuir o desejo de assumir os negócios da família. Da mesma maneira, nesta mesma linha de raciocínio, os fundadores deveriam querer que seus herdeiros sejam os responsáveis pelo andamento dos negócios no futuro. Mas essa “matemática empresarial” ou “linha lógica de raciocínio” é real em todos os casos? O herdeiro quer de verdade assumir toda essa responsabilidade? Eduardo Valério, diretor-presidente da JValério, associada à Fundação Dom Cabral, entende que o tema sucessão tem sido cada vez mais provocado dentro das empresas. “Os processos sucessórios tem os seus inícios provocados de formas distintas, mas o que tem prevalecido são as provocações ‘externas’”. Eduardo exemplifica

0
16 jul 2015

05 dicas rápidas para a preparação do sucessor na empresa familiar

Preparar o sucessor não é tão complicado para as empresas que se organizam adequadamente. E essa preparação requer tempo, paciência e projetos para funcionar. Não basta promover o candidato e esperar para ver o que acontece. Eduardo Valério, diretor-presidente da JValério, empresa associada à Fundação Dom Cabral, separou cinco dicas para as empresas que estão preparando (ou pensando em preparar) o seu sucessor, mas avisa de antemão: “Quando o assunto é sucessão na empresa familiar, temos que entender que trata-se de um processo e que também envolve a transição da liderança, portanto é uma sequência de eventos controlados com base num plano estruturado com claros medidores de avanços. Além do

0